faixa10.png

LIFTING OROFACIAL COM FIOS FACIAIS

Objetivo: A aula teórica irá abranger os vários tipos de fios empregados para o Lifting Orofacial visando discutir as vantagens e as indicações de cada um deles; fazendo considerações sobre a evolução dos materiais, como também o propósito de sua utilização. Será abordado também o emprego do LASER, para o rejuvenescimento facial antes do lifting. O cirurgião-dentista irá realizar os casos clínicos em vários pacientes. Dessa forma, o aluno será qualificado a exercer esta modalidade em seus pacientes com muita segurança. Para mais, deverá desenvolver consciência autocrítica com o intuito de buscar sempre o aprimoramento. Além disso, o C.D. poderá compartilhar com o professor e seus colegas de curso as suas dúvidas para que o seu paciente tenha sempre o melhor tratamento.

INDICAÇÕES: O cirurgião-dentista deverá conscientizar-se da importância desta técnica no processo reabilitador dos seus pacientes, haja vista, que os profissionais reabilitam seus pacientes com restaurações e próteses, que são verdadeiras joias, mas observam que ainda há alguma assimetria facial ou labial, que não deixa o sorriso harmônico. Com certeza, o cirurgião-dentista é o profissional indicado a tornar esse sorriso harmonioso com toda a face, logo, é apropriado que utilize os fios faciais para alcançar a excelência na Odontologia com as seguintes indicações:

  • Tratamento de deformidades faciais causadas por AVC, paralisia de Bell, etc.;

  • Correção de sulcos nasolabiais e rugas de marionete persistentes após recuperação da DV;

  • Assimetria facial e do sorriso;

  • Otimização da estética orofacial após reabilitações dentárias extensas;

  • Rítides labiais de fumantes;

  • Complementação das terapias com TB e preenchedores periorais e labiais;

  • Correção de flacidez (papadas) em região submentoniana após cirurgias ortognáticas de redução do prognatismo;

  • Sequelas de traumatismos em região perioral (mordeduras, traumas avulsivos parciais) em CTBMF;

  • Otimização no contorno do lábio leporino;

  • Em casos de bruxismo e apertamento intenso ou perda de suporte dentário posterior.

Conteúdo programático: 

  1. Legislação e discussão dos limites de atuação do cirurgião-dentista;

  2. Como ocorre o envelhecimento e a reversão deste processo;

  3. Visagismo e a personalidade;

  4. Histórico sobre os fios faciais;

  5. Indicações de uso em Odontologia. Quais são as possibilidades de aplicações? Uma nova era na Odontologia!

  6. Anatomia cirúrgica da face aplicada aos fios faciais e preenchedores;

  7. O que é SMAS?

  8. Irrigação e inervação da face: considerações de interesse ao cirurgião que emprega fios faciais e bioplastia facial.

  9. Zonas de perigo do nervo facial e ramos do trigêmio;

  10. Quais exames preliminares devem solicitar;

  11. Contraindicações de ordem geral e local para emprego dos fios faciais;

  12. Conceito de rejuvenescimento facial. Abordagens atuais.

  13. O que são fios faciais? Quais são os princípios?

  14. Técnicas diversas e tipos de fios empregados e aprovados pela ANVISA;

  15. Seleção de casos: análise do tipo de pele, hábitos, aspectos nutricionais;

  16. Como planejar um caso clínico;

  17. Modificações e versatilidades técnicas visando personalizar um tratamento de modo a otimizar os resultados;

  18. Casos clínicos;

  19. Prescrição de medicamentos e uso da sedação;

  20. Existem complicações? Quais os riscos e como tratá-las se ocorrerem;

  21. Espaço aberto para discussão de dúvidas;

  22. Realizar prática clínica em vários pacientes;

  23. Acompanhamento clínico do paciente;

  24. Vídeos ilustrativos.


Carga Horária: 24 horas (12 horas de Aula Teóricas e 12 horas de Aula Prática clínica com atendimento aos pacientes).

 

MAIS INFORMAÇÕES: 

WhatsApp: (71) 99946-4506 / (11) 99923-3770 / (11) 2283-3770

whatsapp-botão-1024x360.png